Mac Vs PC no AutoCAD – Vale a Pena Comprar um Mac para Rodar AutoCAD? Descubra!

Os Macs são conhecidos por sua confiabilidade, poder e robustez, mas é fato que esse é um tipo de computador bem mais caro, utilizado por uma fatia menor dos usuários de AutoCAD. Será mesmo que existe algo no Mac que torna ele melhor para se usar no AutoCAD? Se você está pensando em comprar um Mac para deixar sua estação de trabalho de CAD ainda mais poderosa, vamos comparar o Mac e o PC e ver se existe alguma vantagem interessante em usar um Mac para rodar AutoCAD. Confira!

Macs Potentes para Trabalhar com CAD Custam Caro

Para começarmos, os Macs podem não ser a escolha ideal para um iniciante em CAD. Se você estiver procurando por um Mac baratinho, esteja preparado para lidar com as limitações desse tipo de máquina.

De fato, a menos que você tenha uma GPU discreta, não importa qual Mac você compre, você ficará desapontado com o desempenho. Para conseguir resultados melhores você vai precisar de um iMac 27″ ou um MacBook Pro 16″.

Por exemplo, o preço do iMac começa em US$ 1.799, enquanto o MacBook Pro 16′′ começa em US$ 2.399. Preço nas lojas dos Estados Unidos, por que no Brasil, somando o câmbio e os impostos, as coisas podem ficar ainda mais sérias.

É verdade que alguns aplicativos CAD podem ser executados em sistemas menos poderosos. Depois que a Autodesk começar a otimizar os seus produtos para o processador M1, os novos laptops MacBook 13′′ com M1 poderão começar a ficar interessantes para o AutoCAD.

Você pode até rodar o AutoCAD no Mac, mas estamos falando do AutoCAD básico ou do AutoCAD LT sem nenhum módulo extra (AEC, PD&M, etc.). A maioria dos especialistas sérios usa pacotes específicos de aplicativos que usam o AutoCAD como seu “motor”. Isso não é possível em um Mac.

Por exemplo, o Fusion360 está disponível para Mac e é certo que a Autodesk lançará uma versão M1 em breve. No entanto, essa ferramenta destina-se principalmente ao design de produtos de consumo e não possui os recursos do Inventor ou do Solidworks. Não existe um produto Mac que possa competir com o Inventor, Revit, Solidworks, Creo e outros.

Como muitos dos melhores programas de CAD são executados em PCs com Windows, você teria que instalar o Bootcamp/Windows em um Mac para aproveitar todos esses recursos de CAD. Sendo assim, pode não fazer muito sentido todo esse trabalho extra no Mac, já que um PC com Windows parece ser uma escolha muito superior para se trabalhar com CAD. Sem contar que um PC similar pode custar metade do preço do Mac.

Eu sei que é difícil se manter racional na compra do Mac, porque o apelo da marca é muito grande e o cérebro tende a querer comer a maçã proibida. Em todo caso, vamos continuar pensando aqui (tentando pensar).

Tá bom, você decidiu comprar um Mac. (Eu sabia!) Antes de passar o Pix, você deve determinar se é mais importante ter um Mac porque você gosta deles (eu também) ou se você quer uma ferramenta CAD confiável e sofisticada. Com as opções de software atuais, acredito que você descobrirá que os Macs não são a escolha ideal para executar trabalhos de CAD.

Não Sou Gamer – Sou Cadista e Adoro Maçãs

Mesmo que você seja um gamer, os novos Macs são muito legais. Eles vêm com muitos softwares gratuitos (suítes de escritório, aplicativos criativos e assim por diante), são rápidos e silenciosos.

Um Mac Mini M1 até poderia resolver todos os problemas no escritório, se não fosse para jogos e a necessidade de construir o software Windows, eu não me importaria de tê-lo como meu computador principal.

Vejamos alguns critérios que você pode empregar para ajudar a avaliar melhor essa decisão.

A Apple perde em:

Hardware de alto desempenho (eles simplesmente não são construídos para alto desempenho.)
Soluções altamente personalizadas (não peça à Apple um laptop com 32 GB de RAM ou uma GPU de estação de trabalho… ou muitas outras possibilidades).
A Apple regularmente (mas nem sempre) perde dinheiro em hardware. Quando se trata de preços de componentes, a Apple sempre fica aquém.
Soluções orçamentárias – A Apple não compete no mercado abaixo de uma faixa de preço específica.

A Apple ganha em:

Durabilidade do produto. De acordo com estudos, o hardware da Apple falha a uma taxa comparável a vários outros OEMs do mercado de massa e, como um produto de tecnologia, eles geram tantas chamadas de suporte quanto qualquer outro fabricante (dados de profissionais terceirizados que prestam serviços para a Apple).

Características do produto. Você pode comparar os produtos da Apple como pacotes de cabos: você tem tudo, quer queira ou não. A maioria dos recursos disponíveis nos produtos da Apple também está disponível em outros produtos e, embora existam alguns destaques que não estão disponíveis em outros lugares, o mesmo pode ser dito sobre dispositivos que não são da Apple.

A Apple triunfa em:

Integração de ecossistemas – O portfólio de dispositivos integrados da Apple pode simplificar sua vida conectando seu Mac com seu iPhone com seu iTunes com seu iPod com seu iPad com seu Watch com… tudo. Eles fornecem um ambiente de ponta a ponta que pode simplificar muito sua vida digital.

A experiência de compra foi simplificada. A Apple tem uma linha de produtos relativamente focada, que permite aos consumidores adquirir a classe de produtos adequada sem se perder em um mar de possibilidades, o que levaria à baixa confiança do consumidor nas compras e ao remorso frequente do comprador. Dito de forma simples, as pessoas que compram a Apple não vão embora se perguntando se poderiam ter conseguido mais alguns GHz, GBs ou qualquer outra coisa se tivessem pensado nisso por mais alguns dias. Essa é uma parte significativa do que mantém as pessoas voltando para a Apple.

A Tentação da Maçã é Forte

Temos que ser um pouco duros com a Apple porque acredito que, por causa de sua imagem de marca, alguns de seus problemas significativos de produto e falhas de design passam despercebidos aos olhos do público quando comparados a problemas semelhantes de outros OEMs. Também acredito que alguns dos preços de componentes da Apple são muito mais altos do que as médias da indústria, o que equivale a uma manipulação de preços.

Ainda assim, sempre vou concordar que seus produtos são 9 de 10 estrelas na maioria das vezes e que eles podem dar acréscimos de valor que compensam parte da diferença de custo entre o preço das peças e o que um rival cobra. Finalmente, sempre se resume a isso:

Se você gosta de Macs e eles podem fazer o que você precisa, compre um. Se você não gosta de Macs, não tem uma necessidade especial de um Mac, e seu único fator de avaliação é o melhor custo-benefício… compre qualquer outra coisa.

Agora, se você está pensando em comprar um Mac só para usar o AutoCAD, saiba que um PC pode entregar tudo o que o software oferece, por menos da metade do preço. Contudo, se as limitações do Mac não te incomodam, seja feliz com seu Mac.

Uma dica extra do Rodrigo: Se você deseja Aprender AutoCAD de Uma Vez Por Todas, recomendo que confira esse vídeo agora mesmo.

QUERO VER O VÍDEO

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *