O AutoCAD é um software que pode ser utilizado em diversas áreas, da construção civil a projetos espaciais da Nasa. Alguns projetos no AutoCAD, de tão complexos, terminam por produzir arquivos enormes. A medida desses arquivos pode estar entre 25~60 MB e até mesmo alguns projetos maiores, de 250 MBs em projetos de restauração. Arquivos de tamanho similar também são encontrados em grandes mapas e projetos de construção de estradas.

Esse tipo de mega-arquivos sempre demoram muito para abrir e fazem você esperar um bom tempo nas operações de REGENs.

Agora, se você deseja aprender mais a fundo sobre esse assunto, recomendo que você assista a esse vídeo...

Hoje eu vou compartilhar com você algumas dicas sobre como lidar com esses arquivos gigantes no AutoCAD.

1 - Mantenha o Desenho Organizado

Use o comando PURGE para se livrar de qualquer objeto inútil no desenho ( BLOCK, LAYER, LINETYPE, DIMENSION STYLE, etc.) Isso vai gerar uma base de dados bem leve.


2- Não Subestime o uso de Blocks e XREFs

Certifique-se que você está usando BLOCKs para projetos recorrentes. BLOCKs são muito bons para tornar seus desenhos leves. Se existem colaboradores desenhando partes do projeto com você, então não deixe de usar as XREFs. Isso irá certamente aumentar a sua eficiência ao desenhar.


3 - Mantenha o Desenho e os Arquivos Relevantes em Seu Disco Local

Mantenha arquivos como os XREFs, imagens e coisas desse tipo no disco local do seu computador, onde você está desenhando, para evitar lags causados pela rede. Você pode enviar isso para algum lugar na rede quando você terminar de construir o desenho.


4 – Use o AutoCAD 2010 e Windows 7

As dicas que custam caro ficaram para o final da lista. O AutoCAD 2010 oferece uma redução significante do tamanho dos arquivos de desenho. Ele trabalha com arquivos 40% menores. O Windows 7 oferece um sistema todo melhorado e uma melhor performance de rede, o que deixa tudo muito mais fácil de trabalhar.


5 – Use uma Workstation e um Sistema Operacional 64 Bits

As Workstations são desenhadas para incorporar processadores e drivers de alta potência. Carregados com um sistema operacional de 64 bits, elas se tornam máquinas de alta performance. Toda via, o custo desses hardwares e softwares é relativamente alto, mas você terá uma produtividade muito maior ao trabalhar com esse tipo de equipamento.

Espero que essas dicas sejam úteis para você!

Deixe o seu comentário sobre o assunto.

 

 

Uma dica extra do Rodrigo: Se você deseja conhecer O Segredo para Aprender AutoCAD de Uma Vez Por Todas, recomendo que confira esse vídeo agora mesmo.

QUERO VER O VÍDEO